Como a telemetria veicular pode te ajudar a melhorar a sua gestão de manutenção

Como a telemetria veicular pode te ajudar a melhorar a sua gestão de manutenção

O custo com manutenções e pneus representa cerca de 18% do custo variável da frota, sendo portanto uma parcela importante do orçamento de qualquer empresa de transporte.

Muitos gestores utilizam sistemas de rastreamento veicular para o controle operacional, do dia a dia da sua frota, e também sistemas de cartão de abastecimento e plataformas de manutenção para o registro dos custos. Entretanto, um sistema de gestão de frotas completo é uma ferramenta de grande auxílio para o planejamento de ações que visem a redução de custos e vai além do monitoramento veicular e do registro de operações como serviços de manutenção e abastecimento veicular.

Esse sistema de gestão de frotas completo é o sistema de telemetria veicular.

Apesar de ser um termo já bastante conhecido dos gestores de frota, a telemetria veicular avançada, utilizada com o intuito de monitorar dados operacionais do veículo, perceber mau uso e comportamentos inadequados dos motoristas, sinais de falha do veículo e outros potenciais desperdícios ainda é muito pouco utilizada no Brasil.

Os dados de telemetria do veículo apresentam um grande potencial para que o gestor possa visualizar oportunidades de redução de custos com a sua frota. Vamos apresentar neste post como usar os dados de telemetria veicular para identificar oportunidades de redução de custos com manutenção.

O QUE É TELEMTRIA VEICULAR

A telemetria é uma palavra de origem grega que significa medição remota (do grego tele = remoto e metron = medida). Assim, é uma tecnologia que permite a medição, obtenção e transmissão de informação remotamente em tempo real.

No setor automotivo a telemetria surgiu em aplicações da Fórmula 1 e é muito utilizada para o acompanhamento de parâmetros de performance do veículo, que podem ajudar a entender por exemplo, o modo de direção do motorista. Alguns parâmetros analisados na telemetria veicular são:

  • Velocidade;
  • Torque;
  • Dados do motor: RPM, temperatura, pressão na ignição, status (ligado ou desligado);
  • Dados gerais: Temperatura do freio, óleo, água, combustível e sensores diversos instalados no veículo;

Assim, é possível para o gestor de frotas ter informações em tempo real sobre os seus veículos, histórico de dados e controle operacional.

A telemetria funciona com base na captação de dados do veículo. Um computador de bordo integrado ao motor, sistema de ignição, frenagem e sistema eletrônico do veículo é utilizado para a captação das informações em tempo real. Sensores adicionais ao veículo para a captação de dados extras como abertura de porta, acionamento de plataforma podem também ser instalados e conectados ao computador de bordo.

Esse computador de bordo envia as informações, através de rede Satelital, GSM/GPRS ou outra tecnologia de comunicação sem fio, para uma central de monitoramento que processa as informações e gera relatórios de desempenho do veículo

COMO USAR A TELEMETRIA PARA REDUZIR CUSTOS COM MANUTENÇÃO

A telemetria veicular te fornece os dados necessários para que você crie e gerencie o seu plano de manutenção preventiva, além de auxiliar na previsão de problemas futuros e evitá-los com manutenções preventivas.

Os dados de telemetria, ainda te auxiliam na automação dos processos de manutenção e permitem com que você tome decisões beseada em dados, sendo mais assertivo nas suas escolhas.

De maneira geral, os dados de telemetria te permitem monitorar o padrão de condução de cada motorista, manutenção veicular, alertas de problemas e uma visão geral da saúde do veículo.

Algumas formas de controlar a manutenção do seu veículo a partir desses dados são:

1. Controle de manutenção preventiva com base no odômetro

O sistema de telemetria veicular tem uma maior precisão na captação dos dados do odômetro veicular. Enquanto o rastreador veicular calcula o odômetro com base na distância percorrida, calculada pela distância entre dois pontos registrados, o que resulta em um erro de 2% a 5%, o sistema de telemetria faz a leitura direta do odômetro do veículo através da sua rede.

Com base em dados mais precisos do odômetro, você poderá fazer um controle do seu plano de manutenção preventiva.

O sistema irá indicar automaticamente, com base nos planos de manutenção preventiva cadastrados, frequência dos serviços e histórico dos mesmos, qual a hora de realizar o serviço. Sendo alertado via e-mail e no painel do sistema, com antecedência, a respeito da necessidade de cada serviço, você e a sua equipe nunca mais esquecerão de realizar um serviço preventivo.

2. Controle do modo de condução do motorista

O modo de condução do motorista é um dos fatores mais impactantes no desgaste das peças e dos pneus do seu veículo.

Muitos motoristas carregam com eles ao longo da carreira profissional vícios de direção que resultam em perda de eficiência veicular, sendo necessário monitorar esse comportamento, verificar quais são os hábitos de direção ruins de cada motorista e educá-los para que possam adotar hábitos de direção econômica.

O sistema de telemetria irá identificar trocas de marcha inadequadas, direção na banguela, RPM elevado, temperatura do motor, altas velocidades, aceleração, frenagem e curvas bruscas e paradas com motor ligado.


3. Dados disponíveis em formato de relatório

Para uma gestão eficiente da frota o gestor deve analisar todos os dados disponíveis de todos os aspectos da sua operação. O gerenciamento de dados com base em papel e caneta e muito demorado e inseguro, não permitindo um acesso rápido e confiável à informação.

Os dados de telemetria podem ser agrupados em formatos diferentes para a criação de diversos relatórios gerenciais de frotas.

Por exemplo, o modo de condução de cada motorista pode ser utilizado para a criação de um ranking de motoristas, para seja feita uma avaliação do modo de condução individual, premiando os melhores motoristas e treinando aqueles que apresentarem um desempenho mais baixo.

Relatórios de manutenção preventiva, quilometragem percorrida e rotas realizadas também podem ser obtidos a partir do sistema de telemetria veicular.

Essas práticas irão te ajudar a implementar uma cultura de condução econômica, baseada em dados, imprescindível para a redução de custos na empresa.