Simplificamos e centralizamos as informações da sua gestão de frotas

Você ainda abre vários sistemas para ter informações da sua frota? Organizamos todos os seus dados de rotas, abastecimento, manutenção e telemetria em uma torre de controle personalizada

infleet

Clientes que inovam na gestão de frotas com a Infleet

Você não precisa acessar diversos sistemas para ter uma visão completa da frota.

Todos os sistemas podem se conectar à Infleet gerando indicadores personalizados de acordo com sua operação. Dessa forma, fique à vontade para selecionar o melhor fornecedor de cada vertente logística

Saiba como

Conectamos seus sistemas de gestão de frotas para gerar insights e decisões assertivas.

Insights com base em dados.


Visualize oportunidades de melhoria operacional, gargalos e custos ocultos conectando todas as fontes de dados da sua frota promovendo insights que te permitirão reduzir custos e aumentar a segurança operacional

Quilometragem por veículo
Acompanhamento da ignição do veículo
Identificação de excessos de velocidade na via
Acompanhamento de rotas e motoristas

Confira as novidades

Direção distraída: entenda esse eventos através da análise de dados

Direção distraída: entenda esse eventos através da análise de dados

A direção distraída é um dos principais motivos que causam acidentes de carro. De acordo com o [Ministério da Infraestrutura](https://www.gov.br/infraestrutura/pt-br), em 2021, foram 11.647 mortes no trânsito, ou seja, a cada dia, 32 pessoas perderam a vida em acidentes. O número de acidentes, no ano passado, foi de 632.764 registros. O equivalente a 72 incidentes por hora no Brasil.. São números que nenhuma empresa quer ter em seu banco de dados, assim como famílias também não querem sofrer a consequência desse ato. Por isso, os gestores de frota devem agir de modo preventivo para evitar esses acidentes. Por isso, separamos alguns tópicos sobre esse assunto, como diminuir os riscos que toda frota pode enfrentar. ## O que é direção distraída? Direção distraída é qualquer atividade que provoque o desvio de atenção do motorista. Isso pode acontecer através de conversas com pessoas dentro do veículo, uso do celular, comer e beber, entre outras atividades que tenham essa consequência. A partir do momento que o motorista desvia a atenção do volante para fazer outra coisa enquanto dirige, a condução não é mais segura. Essa atitude aumenta o risco de causar acidente no trânsito e colocar vidas em perigo. ## Fatores que influenciam na causa de acidentes Como é sabido, diversos fatores potencializam o risco de acidentes devido à direção distraída. São eles: * A velocidade média em que ocorre um acidente com motorista distraído é de 88 km/h; * Os acidentes desse tipo ocorrem mais nos dias da semana e no período da tarde; * Viagens mais longas são as viagens onde os motoristas mais aceleram; * 10% dos acidentes são causados por motoristas com menos de 20 anos. Quem nunca ficou com sono após o almoço? Por exemplo, se os acidentes ocorrem mais à tarde durante a semana, é fundamental sugerir ações para que o motorista troque o turno ou faça pausas ao longo da jornada para [manter a condução mais segura](https://infleet.com.br/blog/seguranca-do-motorista-deve-ser-prioridade-de-todo-gestor-de-frota). Nota-se que são atitudes pequenas, mas que fazem a diferença e é importante que o gestor fique atento. ### Telemetria: principais dados de comportamento de condução para acompanhar Contudo, existem comportamentos de condução específicos que podem ser acompanhados através da Telemetria. É com a análise aprofundada desses eventos que os gestores de frota podem entender a real situação do motorista, o que pode significar mais segurança, aumento da produtividade e também redução na [manutenção não programada](https://infleet.com.br/blog/como-fazer-manuten%C3%A7%C3%A3o-nao-programada-da-frota), com combustível ou até de multas. 1. As velocidades máxima e média de um veículo, o que facilita a identificação de bons e maus comportamentos de condução. 2. A quantidade de tempo que um veículo passou acima dos limites. 3. Dados de RPM 4. Aceleração rápida 5. Frenagem forte 6. Curva acentuada Ao alavancar o desempenho do motorista, é possível identificar oportunidades de melhoria e reciclagem, permitindo que você proteja seus ativos e motoristas, reduzindo a exposição a possíveis problemas. ## Ações que o gestor de frota pode utilizar para diminuir acidentes por direção distraída Para ter uma mudança de comportamento e fazer com que os motoristas deixem de lado certos vícios ao dirigir, é preciso investir em treinamento. A mudança de atitude começa na mentalidade. Sendo esta uma tarefa e esforço de todos. Investir em tempo para buscar essa melhoria nos motoristas é uma das melhores soluções em segurança que a empresa pode fazer. Afinal, as pessoas estão suscetíveis ao erro, mas buscar diminuir os erros é a melhor forma que todos podem fazer. ### Mais informação e conscientização Busque conversar sempre com os motoristas, entender mais sobre o veículo, as particularidades de cada percurso. Lembre-se que o motorista sempre será um dos principais informantes sobre todo o processo. Além de estabelecer uma relação de confiança, esse relacionamento vai permitir que o motorista tenha mais consciência ao dirigir. Já que ele vai compreender, ainda mais, a importância de como pequenas coisas durante a sua condução podem fazer a diferença. ### Treinamentos periódicos [Treinamentos em grupos e individuais são fundamentais](https://infleet.com.br/blog/treinamento-de-motoristas-entenda-porque-importante) para que o motorista esteja mais envolvido com o procedimento e mantenha-se atualizado com algumas mudanças que possam acontecer. Leis de trânsito, código de conduta, normas da empresa, são alguns exemplos que podem ter atualizações constantes. Isso é importante para que o motorista também adquira conhecimento assim como possa se sentir importante ao receber um treinamento individual. Já que a troca será benéfica para ambas partes e a empresa se torna mais eficaz. ## Uso do sistema de gestão de frota O gestor da frota deve utilizar a tecnologia ao seu favor. Um bom sistema de gestão de frota permite que ele acesse todas as informações em tempo real, como pode verificar o histórico de cada veículo, rota e motorista. O que permite, assim, que o gestor saiba como conduzir cada situação e procure adotar as melhores soluções. Afinal, o sistema de gestão de frota é bastante útil em todas as situações que sua empresa precisar. Além de ajudar na diminuição de erros, consequentemente evita [a ocorrência de acidentes,](https://infleet.com.br/blog/gestao-de-acidentes-de-veiculos-de-frota-o-que-e-e-como-fazer) contribui também na melhor tomada de decisões como também na análise de dados. É um conjunto de itens que permite ao gestor ter uma melhor gestão. Quer saber como o sistema de frota pode ajudar a evitar erros devido à direção distraída e outros fatores? Entre em contato que um de nossos especialistas vai te explicar todos os detalhes do nosso sistema.

Tem dificuldade com a operação da frota? Veja 7 dicas que vão solucionar seus problemas!

Tem dificuldade com a operação da frota? Veja 7 dicas que vão solucionar seus problemas!

Uma boa gestão de frota traz bons resultados para a empresa, mas isso requer uma série de ações que levam para esse resultado. Essas tomadas de decisões são potencializadas para o sucesso da empresa. No entanto, ao enfrentar uma série de problemas o gestor precisa ficar atento para evitar que qualquer problema passe despercebido e interfira nos resultados. Se você estiver com dificuldade de operação na frota, separamos algumas dicas que podem te ajudar. ## O que é a operação da frota? É o gerenciamento de veículos utilizados por uma empresa usados para transportar cargas ou prestar serviços. Essa gestão permite ter e analisar dados dos veículos como manutenção, consumo do combustível, rotas, entre outros. Para isso, é fundamental ter uma boa operação de frota com um planejamento para que a empresa tenha uma melhor eficiência com sua frota. [De modo que a operação de frota escolhida seja eficiente,](https://infleet.com.br/blog/%20como-fazer-uma-boa-gestao-de-manutencao-da-frota) alcance bons resultados e com redução de riscos e custos. ## Quais são os fatores que atrapalham essa operação? Sempre vão existir dificuldades para ter uma boa operação de frota. Seja por conta do fator veículos, máquinas ou motoristas. Por isso, é importante que o gestor esteja atento com fatores que podem surgir. Alguns desses fatores são: * Conhecimento da operação do gestor; * Habilidades específicas sobre logística; * Previsão das despesas; * Otimização dos recursos; * Redução de processos desnecessários. Podem existir outras dificuldades, mas se você se identificou com algumas delas, as dicas a seguir podem te ajudar. ## Dicas para otimizar sua operação de frota A partir do momento que as dificuldades da operação são identificadas, fica mais fácil para que o gestor escolha pela atitude mais correta. Pensando nisso, separamos algumas dicas para que sua frota tenha melhores resultados. 1. ### Tenha um planejamento Para toda e qualquer operação é importante que o gestor elabore um bom planejamento. É por meio dele que o gestor pode buscar ações preventivas, visualizar os possíveis erros e até já antecipar os próximos passos. Para ter um bom planejamento, tenha uma visão geral da frota do momento atual e do futuro. Visualize os veículos, motoristas, recursos e toda uma estrutura para que você adote medidas preventivas e não corretivas. 2. ### Analise os dados Com um sistema de gestão de frota, é possível ter [todos os dados à sua disposição.](https://infleet.com.br/blog/cinco-maneiras-de-melhorar-a-gestao-da-sua-frota-atraves-da-analise-de-dados) Então, análise sempre que possível, os dados para maximizar a vida útil da frota como também saber a hora de realizar alguma manutenção ou até mesmo retirar algum veículo da frota. Quando o gestor tem relatórios mensais atualizados, a frota se torna mais eficiente em diversos setores e gera melhores resultados. 3. ### Identifique seus recursos Mantenha uma lista atualizada com o número de veículos disponíveis, a quilometragem de cada um, quando será a próxima manutenção, as rotas comuns percorridas e tudo que for da sua estrutura. Afinal, são esses recursos à sua disposição que vão permitir que você trace a melhor estratégia para cada necessidade. 4. ### Fique atento nos custos imprevisíveis Apesar de ter um planejamento, analisar os dados e ter uma operação mais preventiva, é importante ficar atento com os custos imprevisíveis que podem surgir. São gastos que saem do controle do gestor e deve ter um caixa já para essas despesas. Taxas de trânsito, possíveis acidentes, alimentação e hospedagem do motorista, desvio de trajetos e outras situações. São fatores que não tem como prever quando e onde acontecer, mas é possível deixar esse custo de reserva para ser utilizado quando for preciso. 5. ### Controle de rotas Com todos os dados disponíveis e um bom planejamento, é possível já traçar as rotas que o veículo tenha um melhor desempenho. São alternativas que o gestor pode buscar junto com os motoristas. Assim, a frota terá uma economia a média e a longo prazo com a diminuição de gastos com pneus, combustíveis e manutenção. É ter uma gestão mais inteligente e com controle de toda a operação. 6. ### Treinamento com motoristas O treinamento é fundamental para que os motoristas também tenham uma melhor eficiência e tenham uma condução com mais qualidade. Além de saber como dirigir de modo seguro, eles precisam ter práticas que ajudem na economia. [Os motoristas contribuem e fazem parte do processo](https://infleet.com.br/blog/como-o-comportamento-do-motorista-afeta-os-resultados-de-uma-frota) para que a empresa tenha melhores resultados. O gestor deve analisar os recursos disponíveis como também o fator humano ao seu favor. 7. ### Use um sistema de gestão de frota Ao optar por um bom sistema de gestão da sua frota, você poderá realizar qualquer operação de forma mais segura e eficaz. Afinal, todo gestor vai desempenhar o seu papel de forma mais eficaz com os dados à sua disposição. Um sistema de gestão permite que você tenha tudo em tempo real e sempre que precisar. Se quiser saber como reduzir o uso do papel na sua gestão, pode acessar [nosso artigo com mais dicas para a operação de frotas.](https://infleet.com.br/blog/como-reduzir-o-uso-do-papel-na-sua-gestao-de-frotas-transporte) Essas dicas foram úteis para você? Qualquer dúvida, estamos a disposição para te ajudar.

Gestão de frotas sustentáveis: o que é e como fazer

Gestão de frotas sustentáveis: o que é e como fazer

O setor de transporte é um dos causadores de poluição do planeta, pois como sabemos a emissão de gases dos veículos têm uma parcela de culpa no aquecimento global e nas mudanças climáticas. Sendo assim, surgiu a necessidade de uma gestão de frotas sustentáveis para esse ramo. Você, gestor, sabia que aderir à ação sustentável não só ajuda o meio ambiente, como também traz mais economia para a empresa? É por essa razão que a consciência ambiental já está sendo adotada por várias organizações. Mas, é claro que se inserir nesse novo mundo, aprender a lidar com as exigências impostas e superar [os desafios de administrar uma frota ecológica,](https://infleet.com.br/blog/3-desafios-de-administrar-uma-frota-ecologicamente-correta) pode não ser uma tarefa fácil. Por isso, para saber mais sobre o assunto, veja a seguir o que é e como implementar a sustentabilidade nas frotas. ## O que é gestão de frotas sustentáveis? Antes de tudo, vamos entender o [conceito de sustentabilidade,](https://www.significados.com.br/sustentabilidade/) ela nada mais é que um conjunto de ações ecologicamente corretas que visam preservar o meio ambiente. A gestão de frotas, por sua vez, é um conjunto de práticas administrativas que tem como objetivo organizar a utilização dos veículos de uma empresa. O gestor, então, precisa pensar em processos estratégicos, analisar indicadores e tomar decisões assertivas. E para uma frota sustentável não é diferente, ele deve otimizar rotas, avaliar as melhores maneiras de manuseio dos recursos, sugerir formas de evitar desperdícios, principalmente do combustível, e dar preferência a veículos e insumos mais ecológicos. ## Dicas de como implementar uma frota sustentável Você já entendeu o que é uma gestão de frota sustentável, agora verifique algumas orientações sobre o que fazer para começar a aplicá-la. ### 1. Estabeleça metas Antes de iniciar o projeto é importante sempre definir metas mensuráveis para alcançar, determinar prazos para concluí-las e, claro, acompanhá-las. Além de deixar todos os envolvidos cientes do propósito ambiental da empresa. O objetivo da frota sustentável pode ser, por exemplo, reduzir o consumo de combustível, otimizar o tempo das rotas, ou até mesmo um cronograma de [substituição dos veículos](https://infleet.com.br/blog/por-que-toda-frota-deve-ter-um-cronograma-de-substituicao-de-veiculos) por opções menos poluentes, como os elétricos. ### 2. Treine e conscientize a equipe Não adianta ter um ótimo plano de ação sustentável se os colaboradores não fizerem sua parte, então tenha em mente que é preciso realizar o treinamento dos motoristas, para que eles se conscientizem e mudem os hábitos. Por exemplo, orientar sobre [como economizar o combustível,](https://infleet.com.br/blog/como-melhorar-a-economia-de-combustivel-da-sua-frota) mostrando que desligar o veículo em longas paradas seria uma solução, explicar que o modo de condução dos automóveis tem que ser feito de forma cautelosa, e também falar o que deve ser evitado para não arriscar o desgaste de peças, pneus, óleo, entre outros. Isso não só evita danos para empresa, como agride menos a natureza. ### 3. Faça manutenções preventivas Sempre que puder, evite um problema. A manutenção preventiva das frotas é importante para a segurança dos automóveis como um todo. Serve para evitar possíveis danos, como a quebra de peças e a queima desequilibrada do combustível. Além de manter os veículos regulados e com bom desempenho, o que reduz os gastos futuros e diminui a emissão de gases poluentes. ### 4. Otimize as rotas Produzir roteiros otimizados é outra alternativa para as frotas que querem agir de forma sustentável e melhorar a produtividade. Assim, é necessário pesquisar sobre os melhores trajetos para realizar um percurso menor e os horários que possuem pouco movimento, de modo a evitar os possíveis engarrafamentos. Só essas mudanças já podem consumir menos combustível e reduzir a poluição. ### 5. Utilize o rastreamento Controlar a frota é essencial para a sustentabilidade, e o rastreamento permite observar todos os passos dos motoristas, como os quilômetros percorridos, os excessos de velocidade, os desvios de rotas, as freadas bruscas ou qualquer outro comportamento perigoso. Isso pode ser feito por meio dos sistemas de monitoramento e telemetria, o que é de grande ajuda para o gestor, pois é possível analisar detalhadamente as situações e pensar em melhores práticas de condução, soluções de economia e preservação. ### 6. Respeite os limites de carga Veículos com excesso de carga são um perigo, pois podem causar acidentes nas rodovias, danificar as estradas, consumir mais combustível, estragar equipamentos e aumentar as manutenções, tendo como consequência mais custos e menos preservação ambiental. ### 7. Prefira o uso do etanol Se os veículos da frota forem compatíveis com o álcool, é preferível o abastecimento com esse combustível. Ele é menos poluente, pois é produzido a partir de matérias-primas de vegetais, como a cana-de-açúcar. Além disso, é uma opção renovável e limpa. ## Conclusão Agora que você já sabe o que é gestão de frotas sustentáveis e a maneira como fazer isso, é só se organizar para colocar em prática na sua empresa e, em seguida, colher os benefícios, tanto próprios quanto ambientais. Para saber mais sobre a sustentabilidade nas frotas, confira quais são [os benefícios da redução do CO²](https://infleet.com.br/blog/saiba-quais-sao-os-beneficios-na-reducao-do-co2-para-sua-frota) para esse setor.