Você sabe como usar as cercas virtuais para Gestão de Frotas?

Você sabe como usar as cercas virtuais para Gestão de Frotas?

A Gestão de Frotas é um campo bastante verticalizado, ao se pensar na torre de controle deve-se lembrar de elementos como: monitoramento e telemetria, gestão de abastecimentos e gestão de manutenções, roteirização e gestão de entregas além de outros elementos que podem existir a depender da operação da empresa.

Dentro da vertical de monitoramento e telemetria a quantidade de ferramentas que apoiam essa gestão é enorme, podem ir desde ferramentas simples como alertas de excesso de velocidades, até leituras do computador de bordo do veículo através da rede CAN. Um conhecimento que pode ser crucial para resolver problemas recorrentes da gestão é o uso das cercas virtuais. Vamos falar brevemente de alguns contextos onde elas podem ser úteis e dar dicas de como transformar a sua gestão através delas!

As cercas virtuais são entidades gráficas criadas na tela do seu software de monitoramento, geralmente é possível optar por pelo menos 2 tipos diferentes de cerca, as poligonais e as circulares. A primeira permite a criação de formas completamente livres, sendo útil para delinear territórios de dimensões variadas. Já a segunda é útil quando se busca uma abordagem um pouco mais generalista e onde pequenas variações não são tão representativas. Vamos então aos principais usos.

1. Identificar a visita a pontos de interesse

Geralmente chama-se ponto de interesse aquele local em que a empresa deseja realizar alguma atividade de entrega ou coleta. É uma excelente alternativa mapear esses pontos, pois em situações de validação é possível saber se ocorreu ou não visita a esse ponto, ou ainda o horário de entrada e saída dele.

É interessante para empresas que utilizam sistemas de roteirização realizarem a integração entre essa ferramenta e a criação dos pontos de interesse, pois assim é possível ver na tela do monitoramento os pontos que devem ser visitados pela coleta.

2. Saber o tempo gasto nos pontos

Uma informação de grande utilidade quando se trabalha com a tecnologia das cercas virtuais diz respeito ao tempo decorrido no interior de cada uma delas. Com essa informação é possível identificar se um determinado cliente tem tido impacto negativo no resultado da operação, provocando atrasos, ou se algum desvio pode estar ocorrendo.


3. Medir a produtividade de uma operação de entrega ou coleta

Um dos maiores ganhos que a ferramenta de cercas virtuais pode trazer está na produtividade. Saber quantas visitas estão sendo realizadas por veículos, quantas estão sendo deixadas de ser realizadas, se está havendo atraso nas entregas, se existe algum tipo de perda associado a um cliente específico, o que pode resultar numa renegociação.

A utilização dessa tecnologia tem o potencial de revolucionar a forma como é feita a gestão da frota, introduzindo uma camada de segurança e dando eficiência ao processo.

4. Criar eventos específicos no interior da cerca

A possibilidade de criar eventos específicos que são controlados no interior da cerca virtual é um potencial incrível para a gestão de situações locais, como por exemplo o excesso de velocidade em uma determinada região, com essa ferramenta é possível criar indicadores locais que vão lhe ajudar a garantir a segurança da sua operação. Desde alertas de velocidade, até eventos de telemetria, você pode atribuir diferentes níveis de controle com base na posição geográfica do seu ativo.

Esses são apenas alguns exemplos de usos que você pode dar a essa ferramenta poderosa. Você já conhecia algum desses usos? Já teve experiência prática com cercas virtuais? Se você deseja saber ainda mais como essa ferramenta pode lhe ajudar, deixe a nossa equipe saber! Estamos preparados para lhe ajudar a extrair o melhor da sua operação!

Monitore a sua frota e otimize seus custosInfleet | Tecnologia de ponta para gestão de frotas