Para que serve a telemetria

Para que serve a telemetria

Depois que as tecnologias de rastreamento veicular e monitoramento de frotas se tornaram mais comuns nos últimos anos, atualmente vemos os gestores de frota falando mais e mais a respeito da telemetria.

Mas afinal, o que é a telemetria veicular e para que ela serve?

Vivemos hoje na era da informação, dos dados e dos indicadores. Todo gestor agora é ensinado a tomar decisões baseada em números, dados, pois assim a sua chance de tomar decisões mais assertivas e corretas aumenta, não é mesmo?

É justamente para te fornecer esses dados, dos mais variados possíveis, que serve a telemetria.

No contexto automotivo e de frotas a telemetria veicular serve para fornecer informações sobre o veículo, seja ele um caminhão ou um carro leve, em tempo real. Porém, diferentemente do rastreador veicular que fornece dados de posição (latitude e longitude) e velocidade, a telemetria veicular vai muito além. Ela te fornece dados como RPM, temperatura do motor, aceleração, frenagem, abertura de baús, portas, e diversas outras informações.

Você pode estar se perguntando agora, então o que eu irei fazer com tanta informação? Para que eu preciso saber se o motorista abriu a porta, a temperatura do motor em tempo real e todos esses dados? O que eu, gestor de frotas, irei fazer com essa imensidão de informações que vem do veículo para a minha plataforma de gestão de frotas?

Bem, se você tem essas dúvidas nós iremos esclarecer-las neste artigo!

QUANDO SURGIU A TELEMETRIA

As primeiras aplicações de telemetria remetem a 1912 quando ela começou a ser utilizada para o monitoramento de redes de telefonia e transmissão de dados.

Posteriormente, nos anos 50 a telemetria começou a se popularizar no setor aeroespacial e a partir da década de 90 ela ganhou espaço no setor automotivo.

Neste setor, a telemetria começou a ser usada pelas equipes de alta performance da Fórmula 1, como uma maneira de otimizar o modo de direção do piloto e também melhorar a performance do carro.

O QUE É TELEMETRIA DE VEÍCULOS

A palavra telemetria vem do grego “tele” que significa “remoto”, e “metron” que significa “medida”. Ou seja, telemetria é a medição e transmissão de dados à distância.

No contexto de aplicações veiculares e de frotas a telemetria veicular é a captação e transmissão remota de dados da dinâmica veicular como RPM, velocidade, temperatura do motor, aceleração, frenagem, curvas, e muitos outros.

De maneira resumida, a telemetria é a medição dos dados do veículo e a transmissão remota desses dados ao sistema de telemetria, no qual eles se transformam em informações úteis ao gestor de frotas, informações a respeito da operação, consumo de combustível, segurança e manutenção.

O QUE É UM SISTEMA DE TELEMETRIA

Um sistema de telemetria veicular é o conjunto que possui o dispositivo que faz a captura e transmissão dos dados do veículo e uma central de monitoramento, que recebe e trata as informações enviadas pelo dispositivo, disponibilizando-as de maneira mais clara para o gestor, auxiliando a sua tomada de decisão.

O sistema de telemetria coleta e envia remotamente os dados de posição, velocidade, RPM, temperatura, modo de condução do motorista, para a central que armazena e disponibiliza a informação para o gestor de frotas.

A captura dos dados de telemetria veicular pode ser feita de duas maneiras principais:

1. Telemetria analógica: A telemetria analógica depende da instalação de sensores no veículo que farão a medição das informações que o gestor deseja saber. A grande vantagem dessa abordagem é que ela é compatível com qualquer tipo de veículo. Por outro lado, a sua grande desvantagem é a complexidade. É necessário comprar, instalar, calibrar e fazer manutenção em diversos sensores espalhados pelo veículo.

2. Telemetria digital: A telemetria digital é feita através do computador de bordo do veículo. Desde 2009 todos os veículos começaram a ter suas informações trafegando através de uma rede, chamada de rede CAN (Controller Area Network). A telemetria digital se baseia então na coleta dos dados do veículo que trafegam na rede CAN. Assim, não é preciso instalar uma série de sensores no veículo e os dados obtidos são mais precisos.

Essas informações ficam muitas vezes disponíveis em forma de relatórios operacionais de consumo de combustível e quilometragem percorrida, por exemplo ou podem ser tratadas para a criação de sistemas de avaliação de desempenho dos motoristas, como o ranking de motoristas.

O gestor de frotas então irá analisar as informações disponíveis no sistema para tomar decisões e traçar estratégias de otimização e melhoria da operação, ou seja, irá usar essas informações para deixar a operação mais eficiente e reduzir custos.

COMO FUNCIONA A TELEMETRIA VEICULAR

Como dito, a telemetria funciona com base na captação e envio remoto dos dados veiculares para uma central de monitoramento. O funcionamento é bem similar ao funcionamento de um sistema de rastreamento veicular.

O dispositivo de captação de dados, sejam eles sensores ou o dispositivo de conexão com a rede CAN, fazem a leitura dos parâmetros da dinâmica veicular. Todas as informações são então consolidadas dentro desse equipamento embarcado no veículo, que irá transmitir esses dados para a central de monitoramento.

Essa transmissão de dados, comumente ocorre através da rede de telefonia, utilizando a tecnologia da rede GSM/GPRS.

A central de monitoramento recebe a informação, trata e disponibiliza em forma de relatórios.

PARA QUE SERVE A TELEMETRIA

A telemetria tem como objetivo principal captar dados veiculares e transmiti-los a central de monitoramento para que o gestor possa analisá-los e tenha informações que sirvam de base para auxiliar a sua tomada de decisão.

Dentre os muitos usos da telemetria os principais são para controle de segurança, modo de condução do motorista, combustível e manutenção.

1. Segurança: A análise de dados de telemetria permite ao gestor de frotas ter um maior controle da segurança da operação. Dentro os diversos dados obtidos o gestor poderá analisar excessos de velocidade, curvas, acelerações e frenagens bruscas, que são indicativos de que o motorista não está respeitando as regras de direção defensiva. Assim, o gestor poderá depois alertar, educar ou treinar esses condutores evitando riscos de acidentes e multas.

2. Modo de condução do motorista: Os dados da dinâmica veicular permitem que o gestor avalie o modo de condução do motorista, se ele está seguindo as regras da política de frotas da empresa, regras de direção defensiva e econômica. O gestor poderá ver RPM, direção na banguela, paradas com o motor ligado, excessos de velocidade, curvas, acelerações e frenagens bruscas.

3. Consumo de combustível: Um dos dados que trafega na rede CAN é a autonomia e consumo veicular. Assim, o gestor poderá ter o dado preciso de quanto o veículo está consumindo e verificar possíveis desvios de performance. Além disso, com base no controle do modo de condução do motorista o gestor poderá implantar um cultura de direção econômica, que irá reduzir significativamente o seu consumo de combustível.

4. Manutenção: O acompanhamento do odômetro através do sistema de telemetria permitirá com que o gestor faça e acompanhe de maneira precisa um planejamento de manutenções preventivas da sua frota. Além disso, a rede CAN fornece dados de diagnóstico de falha e temperatura do motor, que permitem com que o gestor também planeje e controle o desgaste veicular.

BENEFÍCIOS DA TELEMETRIA VEICULAR

De maneira geral a telemetria tem como grande benefício fornecer ao gestor maior transparência sobre o que está ocorrendo com a sua frota.

Os dados de rastreamento e dinâmica veicular permitem com que o gestor seja alertado e perceba rapidamente problemas que estão ocorrendo com a sua operação, agindo de maneira mais rápida, resolvendo os problemas antes que eles se tornem maiores.

Além disso, a análise dos dados disponíveis no sistema de telemetria veicular permite ao gestor de frotas descobrir custos e problemas antes ocultos e a partir disso pensar em formas práticas de melhorar a sua operação e reduzir custos. Assim, o gestor consegue:

  • Reduzir multas e acidentes;
  • Reduzir o consumo de combustível;
  • Reduzir custos com manutenção;
  • Aumentar a vida útil dos veículos;
  • Avaliar de maneira mais justa o desempenhos dos motoristas;
  • Aumentar a satisfação da sua equipe;
  • Tomar decisões mais rápidas e assertivas.

Desta forma, o gestor estará caminhando na direção de uma gestão de frotas mais eficiente, encontrando gargalos para a operação e propondo formas de melhoria contínua. Assim, a empresa se torna mais ágil, competitiva e lucrativa.


OUTRAS APLICAÇÕES DA TELEMETRIA

Além do setor de transportes e logística, muitos outros setores também fazem o uso da tecnologia de telemetria. Os dados são importantes para a tomada de decisão, seja ela qual for, pois deixam o cenário mais claro para o gestor.

Assim, gestores nas áreas de agricultura, eficiência energética, consumo de água, gás, eletricidade e informática também fazem o uso da telemetria para compreender o que está ocorrendo em suas operações.

  • Agricultura: na agricultura os gestores utilizam dados de telemetria para saber onde está cada máquina, como elas estão operando, quanto a máquina está consumindo, se a máquina precisa de manutenção, como está a meteorologia e as condições do solo.
  • Eficiência energética: nas fábricas, escritórios e até mesmo residências é possível saber quanto cada área, cômodo ou equipamento está consumindo ao longo do dia e otimizar o consumo de energia para reduzir os custos com energia elétrica.

Com a expansão da Internet das Coisas (IoT) a capacidade de captação e processamento de dados está se tornando maior e as aplicações da telemetria estão se expandindo, tornando as mais diversas operações mais eficientes.

Na área de logística e gestão de frotas essas tecnologias já estão bastante consolidadas, portanto, se você ainda não sabe como você pode aplicá-las na sua empresa converse com um especialista, tenho certeza que oportunidades de melhoria e redução de custos não faltam na sua empresa. Essas oportunidades estão apenas ocultas, esperando que os dados as revelem.

Monitore a sua frota e otimize seus custosInfleet | Tecnologia de ponta para gestão de frotas

Copyright © Infleet | Tecnologia para frotas 2020. All Rights Reserved.

Interakt Soluções de Engenharia LTDA