Dicas para redução do consumo de combustível

Dicas para redução do consumo de combustível

Em uma empresa de transporte, o custo com combustível representa de 30% a 50% do custo total da frota. Desta forma, o controle do consumo de combustível é um fator fundamental para a redução do custos operacionais da empresa, permitindo que a mesma amplie sua margem de lucro. Além disso, a recente alta no preço dos combustíveis torna este fator ainda mais importante na gestão de frotas. Adotar estratégias que permitam uma redução do consumo de combustível torna-se fundamental para a competitividade da empresa. Quer conhecer boas práticas para a redução do consumo? Iremos apresentar neste artigo 5 maneiras de reduzir o consumo de combustível de sua frota que pode resultar em uma redução de até 15% desse gasto.

1. TREINAMENTO DOS MOTORISTAS

Treinar os motoristas para que adotem as práticas adequadas de direção que evitem o elevado consumo de combustível é indispensável. É importante garantir que os motoristas irão dirigir dentro da velocidade ideal para o veículo, evitando valores de RPM elevados que aumentam o consumo do carro. É importante evitar freadas e acelerações bruscas, realizar a mudança de marcha no momento correto e desligar os equipamentos elétricos quando não estiverem sendo utilizados. Um acompanhamento de telemetria para identificação do padrão de direção é essencial para redução do consumo de combustível.

2. USO DE SOFTWARE DE CONTROLE

Softwares de controle de abastecimento permitem ao gestor de frotas fazer o constante acompanhamento da eficiência do veículo, analisando km/l, volume de combustível e intervalo de quilometragem em cada abastecimento. Desta forma, é possível avaliar e comparar os veículos para uma análise mais assertiva na tomada de decisão. Esse indicador pode identificar a necessidade de realizar manutenção em uma determinada peça / sistema do veículo que esteja provocando o desperdício ou, até mesmo, verificar possíveis desvios na operação.

3. USO DE ROTEIRIZADOR

Otimizar significa projetar algo novo com maior eficiência e menor custo, determinando a melhor configuração possível. No caso do roteirizador, há uma otimização do roteiro. O sistema de roteirização cria a menor rota para o conjunto de clientes a serem visitados, com base no horário em que a visita deve ocorrer e capacidade dos veículos disponíveis para a realização da visita. Desta forma, é possível reduzir o percurso do veículo resultando em um menor consumo de combustível.

4. MANTENHA A MANUTENÇÃO EM DIA

Pneus calibrados e em bom estado de conservação estão diretamente relacionados com a autonomia veicular. É fundamental a realização de inspeções periódicas para a avaliação do estados dos pneus, verificando a necessidade de troca ou calibração para garantir uma direção segura e econômica. Além disso, é importante verificar o estado do óleo e filtro de ar. Filtro de ar sujo diminui o fluxo de ar para o motor, prejudicando a mistura ar combustível no motor e reduzindo a sua eficiência. Enquanto isso, óleo ruim causa má lubrificação resultando em sobreaquecimento e maior atrito das peças, o que também resulta em menor eficiência.

5. CONTROLE DA CARGA

Mantenha o veículo com a carga ótima. Veículos sobrecarregados irão se desgastar mais rapidamente além de consumir mais. É importante que o limite indicado pelo fabricante seja respeitado. Carros pesados exigem mais do motor do veículo e, portanto, tem consumo superior ao planejado.

CONCLUSÃO

O gestor de frotas deve fazer um acompanhamento da manutenção e consumo de combustível, bem como garantir um bom sistema de treinamento pessoal com adoção de boas práticas de direção para que o consumo de combustível seja reduzido. No cenário competitivo atual, é fundamental a redução de desperdícios e portanto esta tarefa adquire maior importância.

A INFLEET fornece produtos de roteirização, telemetria, controle de manutenção e abastecimento com o objetivo de otimizar a operação e reduzir os custos.