O uso de checklist em uma gestão de frotas eficiente

O uso de checklist em uma gestão de frotas eficiente

Todo gestor de uma frota de veículos deseja garantir o melhor desempenho da sua frota, reduzir custos e aumentar a disponibilidade dos veículos para a execução de serviços. Para isso, o gestor dispõe de uma série de ferramentas de gestão de frotas, sendo uma das mais importantes o checklist veicular.

De maneira prática, o checklist de veículos é uma lista usada para verificar o estado do caminhão ou veículo leve, verificando o estado de peças, itens de segurança, documentos e partes críticas do veículo.

É importante que você crie o seu checklist de acordo com as necessidades da sua empresa, que irão te ajudar a não esquecer de cuidar dos mínimos detalhes da sua frota. Com isso, você será capaz de antever problemas, reduzir custos, aumentar o tempo de serviço dos seus veículos e melhorar a segurança operacional.

O QUE DEVE TER EM UM CHECKLIST VEICULAR

O checklist do veículo deve ser feito sempre antes de saída e no momento da chegada do veículo na garagem da empresa.

O checklist deve ser uma lista que busque ao mesmo tempo englobar o máximo de itens possíveis, para garantir que nenhum problema passará despercebido pela sua equipe, porém não deve ser longo demais para desestimular os motoristas a fazerem o seu preenchimento. Busque entender, com base na sua operação e planos de manutenção preventiva, dados do fabricante e itens de segurança quais são os elementos chaves que não podem deixar de serem verificados.

Os principais itens que devem conter em um checklist veicular são:

  • Identificação do veículo;
  • Data da inspeção;
  • Quilometragem do veículo;
  • Unidade da empresa;
  • Nome e assinatura do responsável pela inspeção;
  • Nome e assinatura do motorista;
  • Nível de óleo do motor;
  • Nível do fluido de freio;
  • Nível de água no limpador de parabrisa;
  • Água do radiador;
  • Bateria do veículo;
  • Funcionamento do limpador de parabrisa;
  • Luzes;
  • Condições da carroceria;
  • Pressão dos pneus;
  • Sulco dos pneus;
  • Pastilhas de freio;
  • Pneu reserva;
  • Cinto de segurança;
  • Extintor de incêndio;
  • Kit de segurança de emergência (macaco, chave, triângulo);
  • Documento do veículo;
  • Luzes do painel;
  • Vidros e faróis;
  • Ruídos;
  • Observações adicionais;

BENEFÍCIOS DO CHECKLIST

O uso do checklist veicular torna o processo de avaliação e liberação dos veículos de frota mais rápida, segura e eficiente, fornecendo uma visão mais clara para o gestor de frotas das condições dos veículos que estão sendo colocados em operação.

As inspeções de rotina ajudam a equipe a identificar e reportar problemas mecânicos e de segurança, fazendo com que você aja preventivamente, aumentando a segurança, evitando a quebra do veículo e manutenções caras, além de outros prejuízos resultantes de um veículo mal conservado.

  • Maior visão sobre o estado da sua frota veicular;
  • Aumento da segurança operacional;
  • Melhor controle de manutenção preventiva da frota;
  • Redução de custos com manutenções da frota;
  • Melhor planejamento das manutenções e custos com manutenção da frota;
  • Maior produtividade;
  • Redução de irregularidades de documentação;

Com isso, o gestor terá uma rotina de controle da frota veicular mais organizada e poderá identificar problemas antes que eles aconteçam.

COMO IMPLEMENTAR O CHECKLIST

O checklist do veículo pode ser realizado de diversas formas a depender das necessidades do gestor de frotas. É possível realizar checklists manuais, em papel, ou com o auxílio da tecnologia, em aplicativos e tablets.

O checklist em papel é bastante simples. O gestor da frota deve organizá-lo em uma planilha excel e imprimir uma grande quantidade que será colocada na garagem para que os motoristas preencham antes de sair e depois que chegarem da rota.

O gestor então deve pegar os checklists preenchidos pelo motorista e analisar, armazenar em local apropriado e planejar a manutenção da frota com base nos problemas indicados.

No caso do checklist digital há um ganho muito grande de produtividade, a quilometragem do veículo pode ser obtida diretamente do sistema de rastreamento veicular ou do sistema de gestão de frotas. É possível que o motorista armazene fotos das avarias e danos, deixando a comunicação mais clara. Além disso, as informações preenchidas irão para uma nuvem e podem se comunicar diretamente com o sistema de manutenção e gestão de frotas, criando pendências de manutenção e indicadores de gestão de frotas de maneira automática.


EXEMPLO DE CHECKLIST

checklist-gestao-frota-manutencao-corretiva-preventiva