Quais os controles que precisam ser feitos na garagem

Quais os controles que precisam ser feitos na garagem

Nós falamos muito aqui sobre o controle da jornada, dos desvios de rotas, do consume de combustível, mas além da gestão que é feita da porta da garagem para fora, é muito importante que sejam adotadas boas práticas enquanto os ativos se encontram dentro do domínio da empresa.

Vamos pontuar as principais ações que devem ser tomadas desde a chegada dos veículos e equipamentos até a saída destes.

Avalie a existência de novas avarias ou de intervenções mecânicas

A chegada do condutor é um momento importante para adquirir conhecimento a respeito de situações específicas que possam estar ocorrendo com o veículo. Nós já falamos um pouco sobre exemplos de checklist que podem ser adotados. Mas nesses instantes iniciais é fundamental garantir que toda nova avaria ou falha foi comunicada, para que possa ser estudada a sua origem e o ativo esteja apto ao retorno às atividades no menor tempo possível.

O risco de realizar esse tipo de intervenção em ciclos mais espaçados está na perda de informações por conta do próprio esquecimento. No entanto, se você utilizar um sistema de monitoramento com telemetria esse risco pode ser reduzido em grande escala, visto que possíveis eventos de direção perigosa são captados e permitem uma análise posterior do modo de condução dos motoristas.

Consolidação da operação

Caso sua operação envolva entrega ou coleta de materiais esse é também o momento de validar o percentual de completude dos serviços e identificar se existiram desvios. Por exemplo, se um determinado veículo retornou com bens que deveriam ter sido deixados em um determinado cliente é o momento para investigar o motivo da não realização desse serviço. Com o monitoramento da frota você consegue saber exatamente quais os pontos visitados e assim tomar decisões com um embasamento em dados.

Higienização

A partir do ano de 2020 o mundo foi apresentado a um desafio de ordem sanitária nunca antes visto, a crise do COVID-19 trouxe a necessidade de processos de segurança biológica ainda mais sofisticados. É esperado que esse capítulo da história da humanidade seja superado, porém é importante que exista o aprendizado para cada setor. Prezar por veículos bem higienizados e que não sirvam como meio de contaminação é o primeiro passo para reduzir a exposição dos seus colaboradores a enfermidades que podem resultar em afastamentos e eventuais perdas de produção.

Caso sua empresa adote práticas como Diálogos Diários de Segurança é importante também usar esses espaços para reforçar as medidas de segurança e distribuir materiais que auxiliem na prevenção de contaminações.

Realize um cheklist de saída

Da mesma forma que é fundamental validar na chegada do motorista se existem avarias ou falhas, é fundamental que antes da saída dos ativos eles sejam também inspecionados. Nesse momento é possível que já tenham ocorridas pequenas manutenções, abastecimentos, higienizações, ou seja, algo já pode ter mudado.

Foque em itens de segurança como: cintos, pastilhas de freio, nível de água e óleo. Esse tipo de prevenção vai lhe ajudar a evitar dores de camisa de proporção muito maior no futuro.

A Infleet cria soluções de software que simplificam a sua gestão e a tornam mais sustentável. Você deseja conhecer um pouco mais sobre como fazemos isso? Deixe nossa equipe comercial saber, estamos prontos para lhe ajudar!

Monitore a sua frota e otimize seus custosInfleet | Tecnologia de ponta para gestão de frotas