O custo real do tempo de inatividade do veículo para sua frota

O custo real do tempo de inatividade do veículo para sua frota

Quando um veículo quebra, seus problemas estão apenas começando. Imediatamente, isso se transforma em uma viagem interrompida, um motorista incapaz de trabalhar e mão de obra e peças caras. Como se essas coisas não fossem ruins o suficiente, uma única ocorrência de tempo de inatividade pode ter sérios efeitos indiretos.

O gestor da frota precisa tirar um tempo para gerenciar as expectativas e organizar um veículo de substituição. O cliente fica incomodado e sua frota está inoperante, com outro veículo potencialmente retirado de um trabalho para substituí-lo. Os cronogramas são interrompidos e os clientes estão reclamando: você pode ver como os custos vão aumentar.

É vital que os responsáveis pela frota façam todo o possível para evitar o tempo de inatividade. É aqui que o rastreamento de frota por GPS pode ser útil. Vamos dar uma olhada mais de perto no custo real do tempo de inatividade para sua frota, bem como em maneiras de minimizar o impacto em seus resultados.

Qual é o verdadeiro impacto do tempo de inatividade do veículo?

Como Benjamin Franklin disse uma vez:

"... neste mundo nada pode ser dito como certo, exceto a morte e os impostos".

Também adicionaremos “avarias de veículos” a essa lista. De todas as coisas que podem dar errado, um veículo quebra é inevitável e parte de ser um bom gestor de frota é se preparar para isso.

Reparos não programados podem ser caros, prejudicando seus lucros muito mais do que a manutenção programada. Por isso é importante investir neste último para evitar surpresas desnecessárias e caras. Gerenciar isso é sempre um desafio, mas com a experiência e as ferramentas certas, você pode tornar a tarefa muito mais fácil. Vamos dar uma olhada nas principais áreas problemáticas.

1. Custos do veículo de substituição

Quando um veículo quebra, normalmente você acaba pagando por dois. Peças e mão de obra são um dado adquirido, mas agora você precisará pagar pela substituição: são custos adicionais de gasolina, salário de motorista e potencialmente outro emprego suspenso devido à falta temporária de recursos.

2. Entregas atrasadas

A maioria dos clientes perdoa se uma entrega está atrasada apenas uma vez. Mas atrasos repetidos? Essa paciência pode começar a diminuir. Além disso, você realmente quer estar em uma posição em que está se desculpando com seus clientes?

Aqui estão alguns problemas que as entregas atrasadas causam:

  • Reputação da marca danificada
  • Boca-a-boca negativo/revisão online ruim
  • Retenção de clientes reduzida
  • Aumento nas tarefas de suporte ao cliente
  • Receita reduzida ao longo do tempo

3. Pressão extra nos recursos da frota

Quando um veículo está inoperante, outro precisa tomar seu lugar, assim como um motorista para operar o referido veículo. Isso aumenta o desgaste: uma viagem desnecessária pode não ser grande coisa, mas depois de várias avarias, ao longo de vários anos, você pode ver como os custos podem aumentar em breve. Há também uma pressão adicional sobre os gerentes de frota, que precisam supervisionar as substituições e alterar os cronogramas.

4. Impacto negativo na produtividade

A produtividade é afetada se um motorista não puder cumprir suas funções. Sem veículo para dirigir, eles obviamente não podem trabalhar. Por outro lado, outro motorista pode precisar intervir e entregar as mercadorias, o que significa potencialmente tirá-los de um trabalho diferente.

Além disso, as empresas de frotas precisarão pagar a ambos os motoristas por seu tempo – e potencialmente horas extras se a quebra ocorrer em um momento inconveniente.

3 maneiras de reduzir o custo do tempo de inatividade da frota

Ter consciência dos custos é metade da batalha. Embora algum tempo de inatividade seja inevitável, existem maneiras de minimizá-lo:

1. Desenvolva um cronograma de manutenção preventiva

A manutenção não programada geralmente significa que os trabalhos precisam ser cancelados. Um cronograma de manutenção preventiva é a melhor maneira de gerenciar proativamente a saúde de sua frota e resolver problemas com antecedência, reduzindo o tempo de inatividade de longo prazo.

Para aproveitar ao máximo sua agenda de manutenção preventiva, use a tecnologia para ficar por dentro das coisas com precisão. O sistema de gestão de frota pode ajudá-lo a cumprir sua programação, graças a alertas e documentação pronta ao seu alcance.

Enquanto isso, seus próprios motoristas podem ser treinados para fazer rondas de veículos antes de cada viagem, ajudando-os a identificar pequenos problemas antes que eles se transformem em problemas maiores.

Por fim, certifique-se de estabelecer um processo de relatório para que essas informações sejam repassadas.

2. Estabeleça um plano de substituição de veículos

Chega um momento no ciclo de vida de cada veículo em que custa mais operar do que sucatear. Comprar um veículo novo é uma grande despesa, mas os custos cumulativos de operar um antigo logo aumentam quando você considera a ineficiência de combustível, avarias e reparos.

Veículos novos são mais eficientes em termos de combustível e quebram menos. Portanto, vale a pena investir em um bom cronograma de substituição de veículos. A tecnologia para frotas pode te ajudar a ver quais veículos estão em uso, quais estão chegando ao fim de sua vida útil e aqueles que precisam ser substituídos em breve.

3. Use o rastreamento de frota por GPS

Um rastreador de veículo GPS pode registrar a quilometragem percorrida. Configure notificações automáticas que o alertam sempre que uma distância definida for percorrida e use esses dados para agendar suas inspeções.

Quando se trata de custos de tempo de inatividade, as maiores coisas a serem observadas são as ineficiências organizacionais. Para manter esses custos o mais baixo possível, comunique-se regularmente entre diferentes equipes e invista em tecnologia que facilite o acompanhamento da saúde de sua frota.

Os sistemas de gestão de frotas são ótimas ferramentas para ajudá-lo a gerenciar agendamentos e reparos de veículos. Dê uma olhada para ver como ele pode ajudá-lo a reduzir os custos de tempo de inatividade do seu veículo.

Fique ligado nos artigos aqui da Infleet porque sempre trazemos assuntos como esse para te ajudar na redução dos custos da frota. Para não perder nada, assine a nossa newsletter e receba os conteúdos em primeira mão na sua caixa de entrada.

Monitore a sua frota e otimize seus custosInfleet | Tecnologia de ponta para gestão de frotas