Devo ter um Posto de Abastecimento Próprio?

Devo ter um Posto de Abastecimento Próprio?

Como é feita a gestão de abastecimentos na sua empresa? Você possui um posto interno próprio ou postos parceiros?

Muitos gestores de frotas, principalmente de empresas que possuem uma grande quantidade de veículos, se perguntam se é mais viável implementar um posto próprio de abastecimento ou manter o abastecimento em postos parceiros. Para definir a viabilidade de se ter um posto de combustível próprio, o gestor de frotas deve primeiro verificar qual o consumo mensal de combustível da sua frota.


BENEFÍCIOS DE UM POSTO PRÓPRIO DE ABASTECIMENTO

As principais vantagens de possuir um posto de abastecimento interno próprio são:

1 – Maior controle de qualidade do combustível

Em um posto de abastecimento próprio, você terá maior controle sobre o combustível que está sendo utilizado em seus veículos, selecionando adequadamente a forma de armazenamento do combustível e o fornecedor que cumprirá as demandas de qualidade solicitadas pela empresa.

O risco de adulteração do combustível é muito inferior, bem como o de contaminação. Com a instalação de filtros separadores de águas é possível reduzir a presença de partículas sólidas no combustível, o que irá contribuir para um menor desgaste de peças como filtros, motor e bicos injetores e resultará em aumento da autonomia (km/l).


2 – Maior controle de custos operacionais com o abastecimento

Com toda a operação de abastecimento realizada internamente na empresa, o controle sobre os custos se torna muito maior. Você saberá exatamente quantos litros de combustível está consumindo, quantos litros está comprando, o valor de compra do combustível, autonomia média de cada veículo, custo operacional dos equipamentos e de pessoal. Esse maior controle permite a redução de desperdícios e consequentemente de custos operacionais.

3 – Maior praticidade e rapidez

O sistema de abastecimento estará disponível dentro da empresa 24 horas por dia e 7 dias por semana, não sendo necessário deslocar os veículos até um posto de abastecimento parceiro. Assim, a facilidade para a realização do abastecimento é muito superior.

4 – Menor custo de aquisição do combustível

Uma vez que a empresa faz a aquisição do combustível em grande quantidade e diretamente do distribuidor, não sendo necessário o intermediário (posto de gasolina), o custo unitário de aquisição do combustível será reduzido, trazendo economia para a operação.


DESVANTAGENS DE UM SISTEMA PRÓPRIO DE ABASTECIMENTO

A implementação de um posto interno apresenta algumas desvantagens que devem ser levadas em consideração no momento de avaliação do projeto. Algumas das desvantagens são:

1 – Necessidade de alto investimento

Para implementar um sistema interno de abastecimento, é necessário fazer um alto investimento em infraestrutura, segurança e equipamentos para a operação. Os itens principais que compõe o investimento são:

  • Bomba de combustível;
  • Tanque de armazenamento;
  • Filtros de óleo;
  • Compressor de ar;
  • Sensores de monitoramento;
  • Infraestrutura (tubulação, válvulas, obra civil).

2 – Necessidade de manutenção

Todo o sistema próprio de abastecimento precisará de monitoramento e manutenção constantes para garantir o seu funcionamento, bem como colaboradores especializados para essas atividades. Há um custo operacional relativo ao uso dos equipamentos bem como o custo de manutenção dos mesmo e de pessoal.

3 – Menor flexibilidade

Para empresas que possuem uma grande área de atuação porém apenas uma sede com posto de abastecimento, há uma menor flexibilidade quando é feito o uso do posto, o que pode causar a necessidade de criar uma operação mista.

4 – Necessidade de licenças ambientais e adequação às normas técnicas

No caso de implementação do sistema de abastecimento, é necessário a obtenção de licenças ambientais e adequações da estrutura da empresa à legislação ambiental e normas técnicas específicas deste tipo de operação.

É preciso ter alvará de funcionamento e viabilidade do posto emitido pela Prefeitura, liberação do corpo de bombeiros, CONAMA e ANP. Ao longo do período de uso do posto, a empresa terá que revalidar algumas dessas certificações e passar por fiscalizações que atestem a permissão de uso do sistema de abastecimento. Neglicenciar aspectos ambientais pode provocar sérios problemas para a empresa, com multas e proibições de funcionamento.

CONCLUSÃO

A instalação de postos de abastecimento internos para frotas pode ser extremamente viável para a empresa, a depender do seu consumo mensal de combustível e estrutura operacional. O abastecimento interno pode permitir redução de custos com combustível, melhoria da autonomia e redução das manutenções veiculares. Por outro lado, há uma necessidade de grande investimento inicial e manutenção, bem como atenção licenças ambientais e de funcionamento que devem ser obtidas.

A INFLEET oferece um sistema completo para controle de abastecimento para postos internos próprios ou terceiros.

Entre em contato!