A importância da transformação digital na logística e gestão de frotas

A importância da transformação digital na logística e gestão de frotas

A transformação digital é uma realidade. Nos mais variados setores, nos mais variados negócios, hoje é possível dizer que uma empresa não se sustenta sem o apoio da tecnologia. Na logística e gestão de frotas não é diferente, principalmente em um cenário em que 12% do faturamento das empresas é destinado à logística e, portanto, as empresas buscam ganhos de eficiência e controle dos seus processos.

A tecnologia possibilita que todas as informações da logística, expedição e transporte estejam integradas, disponíveis em tempo real para o gestor, auxiliando na redução de erros, custos operacionais e melhorando a tomada de decisão.

Apesar disso, estudo da empresa Zebra (2018) indica que 55% das empresas ainda utilizam papel e lápis para registro de dados em suas operações logísticas e de acordo com a PwC (2019) 50% das empresas possuem déficit de digitalização. Por outro lado, pesquisa da Fenatran (2019) evidencia que 26% das empresas de transporte não tem soluções para gestão de frotas, 55% desejam investir na aquisição ou modernização desses sistemas e 58% desejam adquirir ou modernizar o sistema de rastreamento.

Assim, vemos que o cenário aqui no país ainda é muito incipiente no que diz respeito a digitalização da gestão de frotas e logística, existindo espaço para a implementação de novas soluções digitais que irão aumentar a produtividade das empresas.

Por isso, preparamos este artigo em que analisaremos as tecnologias digitais para gestão de frotas e logística, tendências do mercado e explicaremos como isso pode afetar os resultados da sua empresa. Vamos lá!

POR QUE É IMPORTANTE INVESTIR EM TECNOLOGIA NA GESTÃO DE FROTAS E LOGÍSTICA

A necessidade de acompanhar e medir com precisão a operação logística e o seu desempenho é um fator essencial para garantir a competitividade, reduzir desperdícios e aumentar a margem de lucro.

Na gestão de frotas isso não é diferente. Para otimizar a sua logística e gestão de frotas você precisa pensar em tecnologias de análise de dados, automação de processos, big data e business intelligence. Além disso, o monitoramento de frotas é ferramenta essencial e básica.

Vamos analisar agora as principais tecnologias da área de gestão de frotas e logística e quais são os benefícios que elas trazem para a sua operação.

1. O QUE É O RASTREAMENTO VEICULAR

De maneira resumida, o rastreador veicular é um equipamento de geolocalização que possui uma antena de tecnologia GPS (Global Positioning System) ou tecnologia de radiofrequência para definir a posição do seu veículo. No caso da tecnologia GPS, essa antena recebe sinais dos satélites em órbita terrestre, triangula a informação dos sinais e define a latitude e longitude do veículo. No caso da tecnologia de radiofrequência, a antena recebe sinais de antenas de rádio espalhadas pelo país, e ai também triangula a informação dos sinais e define a latitude e longitude do veículo.

O rastreador é instalado no veículo em local escondido, geralmente conectado a bateria e ao pós chave. Em novos modelos é possível encontrar dispositivos que também se conectam ao veículo através da entrada OBD II. A partir desse momento, ele se comunica com os satélites e passa a enviar as informações de latitude e longitude para o servidor da central de monitoramento.


2. BENEFÍCIOS DO RASTREAMENTO VEICULAR

Rastrear os veículos ou rastrear os caminhões da frota é ser capaz de saber em tempo real onde está cada veículo da sua frota e saber todo o trajeto que ele realizou no dia, desde o momento em que ele saiu da sua garagem até o momento em que ele chegou a um cliente ou retornou para a sua empresa no final da jornada. O rastreamento veicular é saber se houve imprevistos durante a operação, desvios de rota, paradas indevidas, controlar a quilometragem percorrida, clientes visitados, tempo em cada cliente. O rastreamento de frotas então, consiste em obter e analisar todas essas informações para conseguir controlar e otimizar a sua operação, tornando-a mais rápida, econômica e eficiente.

Os sistemas de rastreamento veicular disponibilizam toda essa informação para você. Eles recebem as informações do rastreador do caminhão, armazenam e tratam os dados, disponibilizando relatórios operacionais para você, gestor, compreender tudo o que está acontecendo e tomar as suas decisões.

3. O QUE É TELEMETRIA VEICULAR

A telemetria é uma palavra de origem grega que significa medição remota (do grego tele = remoto e metron = medida). Assim, é uma tecnologia que permite a medição, obtenção e transmissão de informação remotamente em tempo real.

A telemetria consiste então na coleta remota de dados do veículo, seja através de sensores (telemetria analógica) ou através da conexão e leitura direta dos dados do computador de bordo do veículo (telemetria digital).

Alguns parâmetros analisados na telemetria veicular são:

  • Velocidade;
  • Torque;
  • Dados do motor: RPM, temperatura, pressão na ignição, status (ligado ou desligado);
  • Dados gerais: Temperatura do freio, óleo, água, combustível e sensores diversos instalados no veículo;

Assim, é possível para o gestor de frotas ter informações em tempo real sobre os seus veículos, histórico de dados e controle operacional.

Esses dados são então enviados à plataforma de gestão de frotas e disponibilizados ao gestor através de relatórios. O gestor poderá então avaliar de maneira mais precisa a sua operação, com relatórios de consumo de combustível ou quilometragem percorrida. Além disso, poderá usar os dados de tempo em velocidade excessiva, RPM, direção na banguela, aceleração, frenagens e curvas bruscas, para avaliar o modo de condução do motorista e a partir disso criar avaliações de desempenho da sua equipe mais precisas.

4. BENEFÍCIOS DA TELEMETRIA VEICULAR

A principal vantagem da telemetria veicular está no fato de que ela permite com que o gestor controle o modo de condução do seu motorista, auxiliando ele na implementação de uma cultura de direção econômica na empresa.

O modo de condução do motorista está associados aos principais custos operacionais de uma frota: combustível, manutenção, pneus, depreciação e indisponibilidade. Assim, essa tecnologia permite com que o gestor, de uma única vez, consiga reduzir todos esses custos.

É possível identificar infrações cometidas por cada motorista como dirigir na banguela, RPM excessivo, excesso de velocidade, entre outros parâmetros. A partir desses relatórios individuais, apontar para o motorista pontos de melhoria e acompanhar a sua evolução longo do tempo.

Alguns dos benefícios principais são:

  • Maior segurança: com os dados de telemetria é possível acompanhar o modo de direção do motorista, acelerações, frenagens e curvas bruscas ou velocidade excessiva. Com isso, o gestor pode criar planos de treinamento em direção segura para os seus colaboradores, reduzindo custos com multas, sinistros.
  • Menor consumo de combustível: Pelo controle do modo de direção do motorista e controle em tempo real da autonomia do veículo é possível ao gestor evitar desperdícios de combustível, roubos e também educar os motoristas para uma direção mais econômica;
  • Menor custo com manutenção: A partir de informações sobre diagnóstico de falha e modo de direção é possível prever falhas e reduzir o desgaste de peças. Assim, as manutenções corretivas serão reduzidas e a vida útil das peças e do veículo aumentará;
  • Maior controle da operação: Através da telemetria o gestor pode fazer um controle da rota do motorista, sua jornada, possíveis atrasos e mudanças no plano. Com as informações em tempo real ele pode agir mais rapidamente para ajustar o seu plano operacional, aumentando a eficiência e produtividade da empresa.

SISTEMA DE GESTÃO DE FROTAS – O QUE É E QUAL A SUA IMPORTÂNCIA PARA A EMPRESA

O sistema de gestão de frotas é uma ferramenta voltada para o aumento da visibilidade operacional de uma empresa que trabalhe com frota veicular, seja ela uma transportadora, distribuidor de bebidas e alimentos ou de outro ramo.

O sistema tem como objetivo organizar dados, informações operacionais e de custos e a partir disso gerar indicadores de gestão de frotas que permitam ao gestor realizar a avaliação de desempenho e performance da sua operação e da sua equipe.

Desta forma, o sistema de gestão de frotas funciona como um centralizador de informações, que as recebe e trata, disponibilizando posteriormente dados em forma de indicadores de gestão de frotas e operacionais que auxiliam o gestor na sua tomada de decisão.

Esse sistema permite então ao gestor que em uma única plataforma ele tenha acesso a todas as informações que precisa para o controle da empresa, para a criação de relatórios gerenciais que podem ser apresentados à diretoria ou proprietários da empresa.

TORRE DE CONTROLE LOGÍSTICO – O QUE É E BENEFÍCIOS

A Torre de Controle Logístico é um hub central com tecnologia suficiente para obter, armazenar e processar dados de todos os processos da cadeia de suprimentos para gerar visibilidade para a tomada de decisões de curto e longo prazo que estejam alinhadas com os objetivos estratégicos da empresa.

Em outras palavras a Torre de Controle Logístico é um sistema capaz de monitorar todos os processos da cadeia de suprimentos de ponta a ponta. Ele funciona como um hub centralizado que usa informações em tempo real dos diversos sistemas da empresa e os integra.

A Torre de Controle Logístico permite a integração de diversos processos e ferramentas de gestão da cadeia de suprimentos, organizando um grande volume de dados operacionais que fornecem embasamento para a tomada de decisão assertiva do gestor. Assim, a Torre de Controle Logístico fornece uma visão em tempo real, dados para a análise da causa raíz de problemas que possibilitam a melhoria contínua de processos, resultando em redução de custos, estoque e aumento de qualidade e satisfação dos clientes.

Assim os principais benefícios da Torre de Controle Logístico são:

  • Monitoramento em tempo real;
  • Redução dos custos operacionais;
  • Aumento de produtividade;
  • Maior agilidade e eficiência em tomada de decisões;
  • Otimização e melhoria contínua de processos;
  • Decisões baseadas em dados;

Muitas empresas confundem a Torre de Controle Logístico com uma solução de visibilidade operacional. Isso faz com que alguns organizações subestimem o processo complexo de implementação de uma torre de controle.

Embora a visibilidade seja uma parte essencial da construção de uma Torre de Controle Logístico e seja o primeiro passo que você deve dar para a sua construção, a solução precisa fortemente de uma análise de dados e a execução de planos de ação.

OUTRAS SOLUÇÕES: ERP, WMS, TMS

Outras ferramentas muito usadas na gestão de frotas e logística são o ERP, WMS e o TMS.

O ERP (Enterprise Resoure Planning) é um sistema de gestão geral dos recursos corporativos, interligando todos os dados de uma empresa, contabilidade, produção, recursos humanos, vendas, compras, etc. O ERP tem como objetivo integrar os diversos departamentos de uma empresa, inclusive o de logística, possibilitando a automação e armazenamento de informações para tomada de decisão.

O TMS (Transport Management System) é uma solução de gestão de transporte e frota para empresas que trabalham com a contratação de transportadoras. É um sistema geral que permite toda a gestão da cadeia de transporte do transportador, embarcador ou operador logístico. O TMS pode estar integrado ao ERP para melhor integração dos dados da empresa.

O WMS (Warehouse Management System) é um sistema focado no controle das ações do armazém. Gerencia as operações da cadeia de suprimentos como estoque, picking e cross-docking. Assim, baseado em informações atualizadas em tempo real, fornece informações sobre a situação das prateleiras dos armazéns.

TENDÊNCIAS NA LOGÍSTICA E GESTÃO DE FROTAS

Diante desse cenário de digitalização e automação de processos, internet das coisas (IoT) e conectividade vamos analisar algumas tendências da gestão de frotas.

1. Telemetria e Condução Econômica

Uma das principais tendências na gestão de frotas é a maior adoção da telemetria e condução econômica nas empresas. Hoje, o uso de sistemas de rastreamento veicular já está bastante difundido, porém a telemetria ainda é pouco explorada.

Conhecer o comportamento dos seus motoristas, quantas freadas bruscas ou acelerações excessivas foram cometidas, se houveram eventos de curvas fechadas feitas em alta velocidade, ou se o veículo tem passado tempo demais parado e ligado - indicando uma ociosidade do motor, são informações importantes para se levar em conta quando pensamos na educação dos motoristas.

2. Veículos Autônomos e Elétricos

Muito se tem noticiado da oferta de carros autônomos e elétricos voltados para o consumidor final. No entanto, eles são uma realidade também para frotas. Com empresas investindo em testes utilizando caminhões autônomos e a presença inclusive no Brasil de ônibus híbridos. Além disso, há a expectativa de que até 2030 existam mais de 15 mil postos de abastecimento para veículos elétricos no Brasil.

3. Telemetria e sensores em pneus

Os custos com pneus podem representar até 8% dos custos variáveis de uma frota. Diante disso, a telemetria de pneus através de sensores instalados nessas peças vem ganhando espaço. A tecnologia ainda não está financeiramente acessível, porém a tecnologia permite controlar perda de pressão (pneu furado), temperatura do pneu e o seu nível de eficiência.

Esses fatores estão diretamente relacionados à vida útil dos pneus e também ao consumo de combustível do veículo, podendo então resultar em uma grande redução de custos.

4. Integração de sistemas de gestão

O uso de tecnologias integradas ou sistemas que realizam a integração dos diversos dados operacionais de um frota, centralizando todas as informações em uma plataforma única é uma tendência capaz de melhorar significativa o desempenho da gestão de frotas de uma empresa.

Hoje os dados de frotas tem uma grande variedade de origens diferentes, ERP, TMS, sistemas de rastreamento, sistemas de telemetria, checklists, cartão de pedágio, cartão de abastecimento e muitos outros. Assim, o gestor tem grande dificuldade em compilar todos esses dados para ter uma visão completa e transparente da sua frota ou perde muito tempo analisando essas dados, exportando para o excel e gerando novos relatórios.

A integração dos dados oferece recursos para realizar uma análise de dados mais completa, profunda e rápida.

TECNOLOGIA DE RASTREAMENTO E TELEMETRIA INFLEET

O uso do rastreador veicular, como você pode ver no artigo, traz uma série de benefícios operacionais. Esses benefícios no final irão compensar a pequena dor de cabeça inicial com a equipe e a adaptação da empresa a novos processos.

A tecnologia da Infleet em gestão de frotas permite a você ter o total controle e transparência na gestão de frotas da sua empresa, tanto do ponto de vista operacional quanto de custos, contribuindo para uma tomada rápida de decisões.

Quer saber como a tecnologia Infleet pode ajudar a sua empresa? Clique aqui.

Monitore a sua frota e otimize seus custosInfleet | Tecnologia de ponta para gestão de frotas

Copyright © Infleet | Tecnologia para frotas 2020. All Rights Reserved.

Interakt Soluções de Engenharia LTDA