Como aumentar a durabilidade do pneu?

Como aumentar a durabilidade do pneu?

Com o cenário de competitividade cada vez mais acirrado é comum que as empresas procurem formas de reduzir os custos das suas operações. No contexto de gestão de frotas em empresas de logística esse cenário não é diferente.

O custo com pneus só não é maior que aquele gasto com combustível e manutenções dos veículos de carga. Dessa forma, é importante que organizações que possuem frotas corporativas entendam a necessidade de conhecer e controlar estes custos.

COMPRAR O TIPO DE PNEU CORRETO PARA CADA OPERAÇÃO

O primeiro passo para garantir a maior durabilidade e retorno do seu investimento é adquirir o tipo correto de pneu para a operação de destino. Sendo assim, conhecer os tipos de terreno em que cada veículo rodará em sua rota mais frequentemente é fundamental.

Para auxiliar nessa escolha é importante dialogar com os fornecedores e entender que um desconto na compra de um pneu pode custar mais caro do que a economia trazida por um ativo utilizado nas condições corretas para as quais ele foi designado.

CONTROLAR A CALIBRAGEM

Nesse ponto não há segredo, um pneu necessita operar dentro da faixa de pressão estipulada pelo fabricante. Esse controle é importante não apenas para a manutenção do tempo de vida da peça, como também para reduzir os custos de consumo de combustível, visto que pneus que rodam fora da especificação de pressão tendem a reduzir a autonomia do veículo de carga.

Um ponto de atenção quando falamos da calibragem é a verificação do balanceamento, garantir que o veículo de carga está estável após todos os pneus estarem com os valores de pressão interna obedecendo às orientações do fabricante, é importante que essa calibragem seja mantida por mais tempo para a segurança da operação, evitando acidentes de trânsito e aumentando o tempo de vida das peças mecânicas e dos pneumáticos.

REGISTRAR HISTÓRICO

Ao entender o pneu não como um bem de consumo e sim como um ativo, você irá perceber que o acompanhamento do histórico deste é importantíssimo para geração de informação e realização de ações preventivas.

 Uma ação simples adotada por diversas empresas consiste em marcar o pneu com um referencial único, junto com isso é importante registrar por quais veículos e em quais posições ele já passou. Dessa forma é possível saber o quanto cada ativo rodou, comparar pneus de diferentes marcas submetidos a condições semelhantes e planejar com base em fatos e dados o melhor momento para realizar suas manutenções.

REALIZAR RODÍZIO

O rodízio é um tema que dialoga bastante com a calibragem e o balanceamento de pneus. É ideal que os pneus sejam do mesmo fabricante e que esta ação seja realizada por um profissional da área mecânica durante os serviços de balanceamento.

O objetivo desta prática é equilibrar os desgastes que são diferentes para cada eixo, de forma a melhorar a dirigibilidade tornando a logística menos onerosa e mais segura.

Essas dicas são o primeiro passo para que a sua operação ganhe ainda mais eficiência. A Infleet entende que ajudar os seus clientes a desenvolver operações cada vez mais enxutas e organizadas é a melhor forma de desenvolver uma parceria valiosa para ambos.

Conheça mais do nosso portfólio e nos deixe saber como podemos tornar a sua operação ainda mais otimizada!