Dicas para criar um plano de manutenção ideal

Dicas para criar um plano de manutenção ideal

Quebrar a tendência de realizar apenas manutenções corretivas e enxergar uma opção viável na continuidade de manutenções preventivas é um passo importante rumo à excelência operacional e a um futuro mais sustentável para a sua organização.

É pensando nesses benefícios que trouxemos alguns pontos que merecem atenção quando estiver desenhando o plano de manutenção dos ativos da sua frota.

Aproxime a sua equipe

O primeiro passo é trazer para perto dessa etapa estratégica as pessoas que estão mais próximas do dia a dia da operação. Ou seja, condutores, mecânicos, encarregados. É importante entender a percepção deles, pois muito conhecimento é gerado quando se está ao lado do processo, esses colaboradores podem te indicar quais os problemas mais recorrentes, ou se existe algum veículo apresentando falhas sistêmicas.

Aproveite para registrar esses dados em uma plataforma que gere registros e permita a criação de indicadores. Nesse momento pode ser tentador recorrer para soluções mais rápidas como as planilhas. Porém, é importante notar que esse tipo de ferramenta traz consigo também dificuldades, o compartilhamento de informações se torna extremamente difícil, além de ter a possibilidade de ser corrompido ou ter dados perdidos.


Esteja alinhado com os objetivos da empresa

O passo seguinte é entender como os seus objetivos estratégicos se alinham com as demandas de Gestão das Manutenções. Se o seu negócio busca por exemplo reduzir a geração de resíduos, uma excelente alternativa é identificar quais os principais ativos que fazem uso frequente de manutenções corretivas.

Um outro objetivo que pode fazer parte do seu planejamento estratégico é o aumento da sinergia com fornecedores. Se você puder através do seu sistema identificar quais os parceiros que mais realizam serviços para sua empresa isso pode ser fundamental na negociação de um possível desconto ou condições melhores para a sua organização.


Escolha a ferramenta certa

Se você garantiu que os dois passos anteriores foram tomados você está pronto para escolher a melhor ferramenta para gerir essas informações. Como já comentado é interessante avaliar opções que não tornem a sua operação dependente de planilhas, dê preferencias a soluções web e que possam se integrar com outras ferramentas que você já possui. Um problema frequente enfrentado por empresas que possuem frotas é a falta de informações centralizadas, o tipo de software que será escolhido pode potencializar ou evitar esse grave problema.

Acompanhe os indicadores

O último desafio consiste no acompanhamento contínuo dos seus indicadores. Afinal se foi decidido por investir numa ferramenta robusta para auxiliar na gestão das manutenções é importante que essa solução comunique os indicadores previamente solucionados, mas também que a empresa dê a esses indicadores a atenção necessária para realmente obter resultados mais expressivos.

Alguns pré-conceitos precisam ser quebrados e um deles é o de que as manutenções preventivas podem dar muito trabalho, ou que o resultado que elas oferecem não é tão superior ao das corretivas, o que é impreciso quando se leva em consideração que se antecipando às falhas é possível identificar problemas que caso não tivessem sido mapeados poderiam resultar na falha de outros sistemas com custo agregado ainda maior.

Como gestor ou gestora de frotas você com certeza enfrenta situações de escolhas todos os dias e certamente o custo é um fator fundamental a ser levado em conta. Mas, nesse caso você pode ter a certeza que a opção por um controle de manutenções mais seguro fará bem à sua operação no presente e também em um panorama mais estratégico.

A Infleet está preparada para ajudar no desafio que é ter uma frota com um alto nível de disponibilidade e sem surpresas. Deixe o nosso time comercial saber como podemos lhe ajudar! Teste grátis aqui!****

Monitore a sua frota e otimize seus custosInfleet | Tecnologia de ponta para gestão de frotas